quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Foco

O mundo fica estranho de repente, depende sempre do que a gente sente. Do foco, do jeito que olha e do que está ao redor. Por isso, eu invento e desinvento moda. Canto uma música, leio um livro, escrevo um poema... E quando nada acontece, alongo o corpo e descanso a mente. Pra viver em paz tem que ter essa química, de pelo menos, tentar fazer diferente.

Denise Portes

7 comentários:

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

E quando a gente tenta acaba percebendo que há sim um jeito de ver melhor as coisas, de viver melhor.

Glorinha L de Lion disse...

Escrevi algo a ver com isso agora, Denise...coincidência...ando numa agonia louca, esperando respostas pros meus sonhos em suspenso...beijos,

Bloguinho da Zizi disse...

A cada sentimento um olhar.
É mudá-lo e vemos nova imagem daquilo que não estava ali há um segundo.
O bom é que temos essa capacidade de mudar e podemos mudar.
Está em nós!

Andréia souto disse...

Denise, vou tentar fazer hoje ao menos uma dessas coisas.Estou precisando muito.


bjos

Leo disse...

É pura verdade Denise, às vezes só nos basta mudar o foco, mudar o jeito e o ângulo de olhar as coisas.

Mas hoje, o meu foco aqui, é te dar um carinho de amigo e te estalar um beijo!

Néia Lambert disse...

Denise querida, o mundo é feio ou bonito, em preto e branco ou colorido, conforme aquilo que o coração está sentindo.

Um beijo
Néia

Hélio Netho; disse...

E vamos fazer da vida uma eterna ginástica laboral.