sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Eu ando sem palavras, sem querer escrever o meu sentir. É sempre assim quando eu me decepciono com alguém. Fica um vazio de versos, uma tristeza na alma. Eu sei que passa, mas não depende de mim. O vento vai soprar diferente e levar embora esse sentimento contra - mão.
Denise Portes 

12 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

O silêncio também é uma forma de expressão.
Aquieta teu coração.
Amanhã, quem sabe?

Wanderley Elian Lima disse...

Tudo passa, é só uma questão de tempo, aí o coração volta a se abrir.
Bjux

Bloguinho da Zizi disse...

Voltei!
Lembrei de um post seu e que guardei, e hoje senti que seria um bom dia pra mostrar um pouquinho de você no Bloguinho.
Que te traga ótimas lembranças.
Beijinhos

Helcio Maia disse...

Entendo, Denise! Ou creio entender. Às vezes, escrevo na contramão, nem sempre gosto do resultado.
Sem palavras é melhor que outras cem, quando elas não pegam as emoções pelas mãos.
Abraço!

Néia Lambert disse...

Denise, que os bons ventos voltem a soprar e tragam o teu verdadeiro e belo sentir de sempre.

Um beijo
Néia

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Denise,
Se sem palavras defines assim seu sentir, imagino com! É que quem sabe mais, precisa de menos...
E eu preciso vir mais aqui, ó tempo...

Abraço presente e futuro,
Pedro Ramúcio.

pêésse: e o verificador de palavras pede que eu digite "vireis".

Debor@h disse...

Denise querida,
Desejo qeu esse sentimento passe rápido, aliás, que já tenha passado e muita força que sei qeu vc temd e sobra e paz. Beijoss!!!

Juci Barros disse...

És muito nobre em querer partilhar apenas o sentir alegre, mas não nos retire os ensinamentos necessários que só a tristeza nos dá.

Beijos.

Bloguinho da Zizi disse...

Eu di novo!
Vai lá ver o resultado do teu delírio.
bj

Richard Mathenhauer disse...

Mude o "foco".
Lei um post abaixo...

Abraços!

AC disse...

Denise,
A decepção é apenas um sintoma de que o nosso edifício continua em construção.

Beijo :)

Rosane Barreto disse...

ando me sentindo assim como vc, com a alma triste!! as vezes nossa franqueza é confundida com a insensibilidade, aí dóói...mas passa, vai passar em vc tb!!
beijão