sexta-feira, 30 de junho de 2017

Pai e mãe.

Depois de quatro anos sem meu pai e um ano sem minha mãe eu me aceitei órfã. Fui até a casa deles e embalei pacotes de uma partilha que combinei com meus irmãos. Eram metros de saco bolha que embrulhavam lembranças de uma vida feliz que compartilhamos. Entre sorrisos e lágrimas eu já não sentia mais a presença deles naquela casa onde tantas vezes brindamos aniversários e outras datas tão importantes. Quantas risadas, casos, visitas, amigos, parentes, quantas fotos, músicas, quadros. As paredes parecem guardar a memória de cada minuto de alegria. Vida que segue e saudade que eterniza, eu acredito que o único consolo é saber que fomos muito felizes e sabíamos disso.

Denise Portes

O amasso.

O amasso é quando o amor é tão imenso que dá vontade de apertar pra sempre.

Renata Carneiro

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Parece que sim.

Para entender o fim é preciso compreender o início.

Eliane Brum

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Sobre os textos...

Este texto poderia acabar aqui, porque tudo já estaria dito. Mas as vezes é preciso contar uma história de mais de um jeito para que seja entendida por inteiro.

Eliane Brum

terça-feira, 27 de junho de 2017

Sobre as frases...

Porque uma frase só existe quando é a extensão em letras da alma de quem a diz.

Eliane Brum

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Adoro.

Seja realista, deseje o impossível.

Denise Portes 

domingo, 25 de junho de 2017

Trato.

Eu combinei comigo que eu ia amar você. 

Denise Portes

sábado, 24 de junho de 2017

Eu me identifiquei.

Sou um ser totalmente passional.
Sou movida pela emoção, pela paixão.... tenho meus desatinos...
Detesto coisas mais ou menos.
Não sei conviver com pessoas mais ou menos.
Não sei amar mais ou menos.
Não me entrego de forma mais ou menos.
Se você procura alguém coerente, sensata, politicamente correta, racional, cheia de moralismo... ESQUEÇA-ME!
Se você sabe conviver com pessoas intempestivas, emotivas, vulneráveis, amáveis, que explodem na emoção... 

ACOLHA-ME!
Se você se assusta com esse meu jeito de ser, AFASTE-SE!
Se você quiser me conhecer melhor. APROXIME-SE!
Se você não gosta de mim, IGNORE-ME!
E quando eu partir... não chore.
 

Clarice Lispector

sexta-feira, 23 de junho de 2017

O nosso jeito de amar.

É o amor chegou para nós, à paixão se revela de repente, muda a forma de olhar, o toque, o sentir fica maior. Uma alegria que vem antes mesmo do encontro. Ah que desejo eu sinto de cuidar do nosso sentir! Viver algo que só se aprende depois de muitos anos amando e deixando de amar. Para ser sincera eu nem sei se aprendi, apenas observei e sinto vontade de tentar viver com você. É para durar mais esse amor que estamos construindo, porque que tem que ser sempre igual? Cheio de pequenos ciúmes até se transformar em posse. 
E se tentarmos não perder a individualidade, não perder a liberdade de cultivar amigos? E se nos encontrarmos para compartilhar novidades e torcermos juntos um para o outro? 
Eu quero seguir ao seu lado, de um jeito diferente do que nos conhecemos, com a certeza de que podemos criar outra fórmula para o amor. 

Denise Portes

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Pode ser.

Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende? 

Caio Fernando Abreu

quarta-feira, 21 de junho de 2017

No inverno de conchinha.

No inverno é sempre mais difícil de viver sem os braços de quem se ama todos os dias. 

Denise Portes

terça-feira, 20 de junho de 2017

Sentir.


O negócio é só sentir, meu irmão, só sentir. Pensar já era. Pensar acabou, não se usa mais. 

Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 19 de junho de 2017

domingo, 18 de junho de 2017

Dia de Outono.

Está fazendo um dia lindo de outono. A praia estava cheia de um vento bom, de uma liberdade. E eu estava só. E naqueles momentos não precisava de ninguém. Preciso aprender a não precisar de ninguém. É difícil, porque preciso repartir com alguém o que sinto. O mar estava calmo. Eu também. Mas à espreita, em suspeita. Como se essa calma não pudesse durar. Algo está sempre por acontecer. O imprevisto me fascina. 

Clarice Lispector

sábado, 17 de junho de 2017

O tempo do poeta.

Eu queria te dizer uma porção de coisas, de uma porção de noites, ou tarde, ou manhãs, não importa a cor, é, a cor, o tempo é só uma questão de cor não é? 

Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Ironiia.

Tem momentos que o amor renova, transforma, preenche e outros ele enche. 

Denise Portes

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Amo.

Dê a quem você ama:
Asas para voar,
raízes para voltar e
motivos para ficar.
 

Dalai Lama

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Um encontro comigo..


Eu entrei pelas frestas do meu coração, vasculhei meus cacos e entendi tudo o que eu não queria mais para mim, a partir do meu encontro comigo eu encontrei você. 

Denise Portes

terça-feira, 13 de junho de 2017

O poeta e o amor.

O amor só é lindo,
quando encontramos alguém
que nos transforme no melhor
que podemos ser.

Mário Quintana

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Flicts - a cor diferente.

Eu acredito em encontros espirituais, mas também acredito que algumas poucas vezes na vida encontramos alguém com quem a gente quer dividir a vida. Flicts, aquela cor diferente passa a colorir os nossos dias. Quando isso acontece é preciso estar atento, pois não são as palavras criadas pela sociedade: namoro, casamento que vão selar este encontro, mas o afeto, atenção, carinho e cuidado que um tem com o outro. Fica a dica para um feliz dia dos namorados. 

Denise Portes

domingo, 11 de junho de 2017

Ponte de estrelas...

Entre a minha casa e a tua, há uma ponte de estrelas. Uma ponte de silêncios. 

Mario Quintana

Nossa história.

O que você faz em mim é trazer de volta sentimentos que eu acreditava que andavam esquecidos. 

Denise Portes

sábado, 10 de junho de 2017

Sobre as palavras.

Eu não me importo com palavras, eu só me importo com o que sinto e ando sentindo demais. 

Denise Portes

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Mania de amor.

Essa mania de amar demais vai acabar me fazendo encontrar alguém que entenda que o que todo mundo quer é se sentir amado. 

Denise Portes

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Faz sentido.

Ela chegou para reorganizar o que não fazia mais sentido e eu comecei a compreender que o sentido já não era o que eu pensava. 

Denise Portes

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Outono.

Lá vem o outono deixando as folhas espalhadas pelo chão. Eu quero que o outono aconteça em mim para que as minhas folhas velhas se espalhem e faça renascer o que existe de mais bonito dentro de mim. 

Denise Portes

terça-feira, 6 de junho de 2017

Eu acho...

Lugar nenhum
também
é um lugar.
[ senão, pense!]

Be Lins

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Caminhos e afetos.

Cada dia que passa gosto mais do que é simples, tudo me faz sentir diferente quando eu caminho por afetos. 

Denise Portes

Milagres

Eu desisti de entender e começar a acreditar nos milagres da vida. A partir daí comecei a sentir os milagres. 

Denise Portes

Recomeço.

Começar é também um jeito de libertar o que não nos pertence mais. 

Denise Portes

domingo, 4 de junho de 2017

Dica.

Não é importante o que você esta fazendo e sim qual o estado da mente em que você está quando esta fazendo o quê esta fazendo (…), o estado da mente é tudo. 

Marina Abramovic