quarta-feira, 2 de março de 2011

O Processo Criativo.

É um processo criativo, quase destrutivo que me faz buscar tantas questões. Como se fosse à ponta do trampolim e o medo de pular, tanta busca para ir de encontro aos sonhos externos. Tantas mudanças para melhorar o processo interno. Uma procura incessante dentro da desordem, sempre achando que alguma coisa está fora da ordem. Uma estrada sem volta, não existe volta para o aprendizado. Já não se pode mais fingir não acreditar no que foi revelado, o medo do escuro ficou tão fácil diante do medo do cotidiano. Olho no espelho e me revelo, sou eu que mudei. Todas as marcas e cicatrizes que fazem parte de uma história cheia de escolhas. Sim, nós escolhemos cada pedaço da caminhada e não há como negar que o tempo esgarça algumas fantasias e faz ruir muitas ilusões. Porém não sou amarga e triste, pois a minha escolha é feliz, ainda que muitas vezes banhada em lágrimas. Choro quando a perda do vivido intensamente dilui e não consigo mais que a realidade trave meus olhos. Mas nada vai mudar meu rumo nem me fazer voltar. A opção é por alegria, sempre. É preciso rir de si mesmo para atravessar essa solidão que nos permeia. A solidão que nos faz lembrar que não estamos aqui por acaso. O processo criativo é dolorido porque ele nos faz percorrer por todas as entranhas e por todos os poros. É preciso ser absolutamente verdadeiro até para criar uma maravilhosa ficção, ninguém quer o superficial nem mesmo o mentiroso. É preciso se lançar do alto e sem pára-quedas e sem rede jogar-se sobre um infinito de buscas incensastes, sendo absolutamente inteira e verdadeira quando se trata do sentimento humano.

Denise Portes

7 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Denise
Fazer opções é difícil e as vezes faz sofrer, mas são necessárias, Nós escolhemos a caminho que queremos seguir. Feito isso não há volta, só nos resta superar os obstáculos e suportar as feridas.
Bjux

RosaMaria disse...

E por quê me importam as certezas do dia a dia se eu permaneço na incerteza?
Vamos viver cada dia sem planejar o amanhã.
Não deixando nossa vida na pendência de um futuro incerto.

Beijo grande pra ti.
Bom dia!

ErikaH Azzevedo disse...

Tenho te encontrado em outros cantos, no orkut, outros blogs e tenhopensado, mas ela tem escrito cada dia mais e melhor...

Linda, confio nessa teu punhado de açucar a tentar docificar todos os caminhos.

Bjos

Erikah

Regina Guedes disse...

Você me assusta (no bom sentido)! Consegue na destruição encontrar um caminho mais belo! Deve ser por isso que suas mudanças são tão profundas!
Beijinhos "eterna e bela metamorfose"
(é um elogio!)

Priscilla Cavazzotto disse...

Adorei ler!
Tudo que eu precisava!
Beijos meus querida amiga!

Mi Satake disse...

Perfeito, Denise!
E nossa buscas, nossa trajetoria é mesmo assim. Rica, cheia de curvas e desafios. Da medo, receio de alguns caminhos, mas no final o saldo é bom, é positivo echeio de meritos!

Beijos pra vc!

Bloguinho da Zizi disse...

...sem palavras...