sábado, 12 de março de 2011

Filosofando

Eu perdi uma parte da minha doçura, era inevitável para o meu crescimento. Porém eu plantei muitas esperanças dentro do meu coração. Conservei valores importantes para seguir. O crescimento é sempre doloroso, porque acabamos enxergando de nós no outro e do outro em nós. Vamos escolhendo, crescendo, melhorando e o maior cuidado é não nos acharmos donos da verdade, nos tornarmos arrogantes e parar o eterno processo de crescimento. Essa barreira de achar que tudo sabemos, entendemos, desvendamos, esses sim, nos torna ainda mais distante da estrada. A humildade, a perseverança para nos tornarmos melhores, talvez esse seja a chave e o segredo da jornada. Ainda que eu guarde um pouco, ou muito, de mim para mim.
 
Denise Portes

11 comentários:

Andressa Tavares disse...

Doçura...
como eu perdi isso!

Patrícia disse...

Lindas palavras, como sempre.
Bj

Wanderley Elian Lima disse...

Ter consciência que está no mundo para aprender sempre, e a chave para o nosso crescimento espiritual.
Bjux

Néia Lambert disse...

Denise, a arrogância impede o crescimento, também acredito na humildade para se alcançar qualquer objetivo.

Um beijo

Néia

Regina Guedes disse...

Que bela jornada você está fazendo!! Espero trilhar o meu caminho conservando toda a beleza da alma que você conserva. Beijinhos

Leo disse...

Denise, tu tá sumidinha e eu to com saudades, vim te buscar e te li..amei o texto, como sempre...estou lendo o roteiro, preciso comentar contigo que estou adorando!!

Beeeijos!!

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Como você disse, o importante é não parar no meio do caminho. Há sempre como dar mais um passo.

'Lara Mello disse...

O que eu guardo é a essência.. Essa nunca muda! Bju!!

Priscilla disse...

Querida amiga, passando para lhe desejar um ótimo final de semana!
Beijos meus

Claudinha Monteiro disse...

Lindo. O crescimento é sempre necessário, doloroso, e muitas vezes beira o insuportável. Por isso é importante falar sobre ele. Importante dividir a experiencia de deixar de ser uma pessoa para ser outra...
bjos;)

Thais Abrahão disse...

Comecei a ler o blog e não consigo parar. Nesse post resolvi registrar!