sexta-feira, 4 de março de 2011

Diferente.

Caminho por entre os meus pensamentos.
Balanço com a força do vento,
Tudo intenso e diferente.
Mistérios que ganham força com as minhas vontades,
Diferente.

Tenho mil asas,
Flutuo e navego com mais leveza.
O meu olhar é outro,
Sinto-me confortável e me reconheço,
Diferente.

Escolho, encolho, recuso, reinvento.
Tudo muda com o passar do tempo.
A minha referência é o amor que ocupa meu peito.
De outra forma, de muitas formas, de outro jeito.
Diferente.

Denise Portes

4 comentários:

RosaMaria disse...

Apesar de todas tormentas, me recuso a ser um fato consumado.

Me renovo, me entrego ao novo todos os dias.

Um beijo doce!
Ótimo feriado

Regina Guedes disse...

Algumas belezas da vida precisam ser reinventadas a cada novo dia ou devo dizer a cada novo olhar. Olhar como da primeira vez. Acho que isso muda de forma a deixar o coração mais leve e vibrante. Complicado? Viver é complicado. Mas tem lá a sua graça.
Beijinhos menina de mil asas

Myriam disse...

Nada na vida é definitivo, sempre podemos mudar o caminho...

'Lara Mello disse...

Saudades enormes desse canto lindo.. Mas é falta de tempo mesmo. Mas estou de volta logo logo.. Se cuida.. Sorte!