segunda-feira, 21 de março de 2011

Eu gosto de ser mulher.

É tão doce meu coração feminino, a quem eu dou tão pouco colo. A vida acaba exigindo que sejamos guerreiras e muitas vezes o nosso lado feminino fica tão sufocado que vai ficando esquecido em um canto do armário. Eu acho que as mulheres se distanciam tanto da sua feminilidade que guardam as lágrimas. Há de se lembrar de um poema ou de um vaso de flores, da toalha bonita pendurada no banheiro, da comida gostosa que perfuma a casa, da música que marca aquele momento. Tantos detalhes que vamos deixando sumir, esquecendo-se de lembrar que são as delicadezas que nos trazem para mais perto de nós mesmas.
Denise Portes

7 comentários:

meus instantes e momentos disse...

ótimo texto.
"dar colo ao coração" bonito isso.
Gostei daqui

Néia Lambert disse...

Denise, esses pequenos e quase imperceptíveis detalhes realçam, de fato, a feminilidade, porém em nenhum outro aspecto a mulher é mais feminina senão na própria alma.

Um beijo

Néia

Danny disse...

Ola Denise
Mas uma vez fui presenteada por um texto belíssimo.
Como é bom começar o dia lendo coisas maravilhosas que tocam a alma de uma forma tão delicada.
Parabéns pelo texto, é lindo, delicado e acima de tudo realista.

Desejo uma linda semana.Bjs

Wanderley Elian Lima disse...

"Hey que endurecer, pero sem perde la ternura jamas..."
Bjux

Regina Guedes disse...

Precisava ouvir isso hoje. Obrigada!!! Beijinhos

Zina disse...

Ah Denise, hoje é dia que meu coração precisa de colo.
Você disse tudo!
A vida exige que sejamos guerreiras, e isso é fato, em consequencia nós também nos exigimos demais e as vezes nos perdemos em meio a tantas coisas...

Posso postar lá no aniz?
Deixa...deixa...
beijo querida, no seu lindo coração!

'Lara Mello disse...

Eu adoro ser mulher!!! Bju