domingo, 6 de março de 2011

Eco

Eu te amo e isso abrange tanta história, que eu fico repetido mesmo longe de você. Forma eco, a saudade sai batendo em todas as montanhas, voando até o céu e sendo levada pelo mar. Enquanto eu filosofo, você liga e diz que não para de pensar em mim e que ligou pra dizer que me ama. Essa distância nunca nos separa, mas é preciso entender o que é falado entre as linhas desse monte de amor. Esse amor que me invadi e fim.

Denise Portes

3 comentários:

RosaMaria disse...

Em horas tortas
Horas tímidas, ocultas
Pelas esquinas
De olhares indiscretos
O AMOR
Amor claro de objeto
AMOR simples e direto

Um beijo!
ótimo domingo

Regina Guedes disse...

Que amor lindo!! Ecos de amor!!
Bom domingo! Beijinhos

Alê disse...

Ave Maria,

Arrepiei,

Lindíssimo!!!!