sábado, 13 de novembro de 2010

Sobre águas tranquilas.

Nada como um tempo de silêncio,
 para que o renascer aconteça. 
Quando as águas voltam a ficar tranquilas
é possível navegar em paz.

Denise Portes

10 comentários:

César João disse...

Linda paisagem e belo post.
Bom domingo para todos.

Patricia s2 disse...

Um recomeço, as vezes, é necessário para encontrar o fio de luz da felicidade.
Bom domingo, bjs!

ErikaH Azzevedo disse...

Menina, qto tempo.
Olha só , tenho encontrado tantos textos teus no orkut, que me enviam como presentes por scraps, verdadeiras pedras preciosas....e assim é o silencio né minha linda, algo que precisa ser garimpado.

Bjo nocê!

Erikah

Bloguinho da Zizi disse...

Silêncio na mente
Silêncio na alma
Tempo necessário para o renascimento.

Bom domingo Bruxinha

Néia (Dulci) disse...

Denise o silêncio é o apaziguador da alma.
Ontem ao ler sua carta, fiquei pensando naquilo que vc disse em gostar de ser um mangá. A primeira vez que vi um desenho desse fiquei impressionada com os olhos intensamente significativos. O olhar é sempre a primeira coisa que me chama a atenção numa pessoa. Desde que nos conhecemos por aqui nesse mundo, como vc disse, da sensibilidade, nunca senti o desejo de saber como vc é fisicamente, penso que isso ocorre pelo fato de já a conhecer naquilo que me é importante, na alma. Em suas palavras tão recheadas de emoção deixas pegadas muito visíveis da sua personalidade.
Vejo no seu perfil o quanto temos em comum: "gosto de cerveja e comida japonesa", "gosto de acordar cedo com o dia amanhecendo","gosto de rir e choro fácil","adoro livrarias, cinema, sorvete e pipoca","o que eu nunca quero perder? a alegria de viver".
Tá vendo porque não preciso saber como vc é?
Beijos minha querida amiga mangá!

Regina Guedes disse...

Tempo e silêncio são dois companheiros que quando caminham juntos permitem descobrir, mais uma vez, um eu diferente. Mudamos, então estes momentos são preciosos para um "auto reencontro" do eu com o novo eu.
Beijinhos

Nina disse...

Linda paisagem, lindas palavras. Assim que acordei e vim ver alguns blogs, me deparei com esse post e me bateu uma tranquilidade inexplicável!

bjinhos

Nina

Grasi disse...

Verdade!!!
O silêncio é revelador...
Tava com saudades daqui :)
Bjão e um domingo super iluminado :)

Leo disse...

Querida Denise,

que belo poema pra começar meu domingo, aqui é assim mesmo, lindo e suave e harmônico como um jardim japonês.

Beijos, minha roteirista favorita!

Carol R. disse...

Pura verdade :)