domingo, 4 de setembro de 2011

LouCura

Brown, a minha louCura é essa intensidade, essa sensibilidade a flor da pele, esse pulsar constante de acreditar em sonhos.
A minha louCura é a quantidade de sentimentos que passam por mim, os olhos sobre os detalhes, a observação que me mobiliza nas diferenças de cada um. Ah, Brown, minha louCura transborda e às vezes é tão solitária, que eu preciso de alguns amigos. Por isso amo o mar e o céu Brown, neles minha alma se perde na imensidão e se encontra no eterno.
Denise Portes

8 comentários:

Helcio Maia disse...

Denise, não se pode conter o incontido desejo de viver, essa pulsão colossal que pulsa e pulsa e pulsa. Que não haja repulsa pela profusão de querer, ainda que doa. Surfemos nas ondas, muitas vezes gigantescas, do ser, do estar aqui, expostos, postos à prova. Desistir Uma ova!

'Lara Mello disse...

Nada mais imenso e eterno mesmo que o céu e o mar :)
Lindo seu papo com Brown :)

Vanessa_Oliveira disse...

Lindo, lindo.
^^
dá para sentir o seu sentimento como se fosse meu.
um lindo domingo Denise.
Bjim***

Helinha disse...

Lindo demais, também tenho essa loucura!!

E prefiro ficar assim, vivendo nessa constante insanidade!!

Beijos, amei demais!

Brenda disse...

Lindoo esse texto!
Vou comentar com a frequência que venho aqui (;

Beijooos

Néia Lambert disse...

Loucura ou seja o que for, quero ser tomada por esses sintomas também.

Um beijo.

Néia Lambert

remall disse...

ops ! será que vc sou eu ?
até o mar de Noronha tem a ver com minha vida e minha LouCura.

Mi Satake disse...

Q profusão de sentimentos, De.

E é bom essa vivacidade, né?

Bjão pra vce uma linda semana!