segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Um Olhar.

Tentar organizar os meus pensamentos sempre me deixa confusa. Eu gosto de pensamentos que nascem como flash e abrem em luzes.  E quando fica claro vou desenhando o movimento, ganhando o brilho. Descubro um novo sentimento.
As palavras arrastam o meu olhar como um ímã.
Denise Portes

12 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Denise
Isso, para mim, chama-se pensamento expontâneo.
Nem sempre o "organizado" traz lucidez.
E como sempre, vc expressa seu sentimento de maneira singular.
Beijinho e ótima semana.
Zizi

Poliana Fonteles disse...

aDOREI ISSO AQUI BRUXINHA!
LINDO DE SE VER, DE SE LER...

:D

tati_nanda disse...

aahh ir de acordo com o que vem, com os sentimentos pensados sem quere, espontaneamente!!!
lindo lindo! o melhor modo mesmo.
:P
mas temq ser natural..
beijin

http://zonzobulando.blogspot.com/

Néia (Dulci) disse...

Denise, que difícil tarefa organizar pensamentos, mas vejo que vc não os deixa escapar, aproveita-os todos, fazendo deles lindos poemas.
Um beijo.

Richard Mathenhauer disse...

Olá!

Ah, fico feliz que coloco sorrisos sem ter de vestir "la giubba"... rs.

Obrigado pela visita!

Abraços,

'Lara Mello disse...

Tava sem net, por isso nunca mais vi..Gosto dos seus texto..Bju e se cuida!

Paula disse...

Isso de organizar pensamentos nao da certo pra mim tb.. rs.
E vc sabe usa-los muito bem!!!!
Beijos querida! ;]

Regina Guedes disse...

É menina... esta ideia foi fantástica!!! O brilho que você dá a cada texto é maravilhoso!!!
Beijinhos

Regina Guedes disse...

Desculpe, não agradeci seu imenso carinho pelo dia do médico. OBRIGADA!!! Beijinhos

Encantadora de Abelhas disse...

Também gosto desses flashes... Momentos de luz que sabem certinho pra onde vão nos levar e levam de fato, sem pedir licença.
Adorei a poesia. combina muito comigo!
Bom início de semana pra ti,
BjO

José Carlos Brandão disse...

Oi, Denise.
E não somos subjugados pelas palavras, nossas servas?
A questão é mais complexa do que parece.
Beijo.

Confissões de uma borboleta disse...

Oi Denise...
Sofro do mesmo dilema: tentar controlar os pensamentos..
Nunca consigo...
Prefiro o devaneio,
Beijos