segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Sedução


Quem foi que disse que a sedução mudou?  Não mudou nada, ela fica andando por ai, esbarrando na gente quando estamos distraídos.
A sedução chega derrubando tudo, deixando a perna meio bamba, o olhar meio bobo, o sorriso maior e o coração todo descompensando murmurando:
- Eu estava em paz quando você chegou.

Denise Portes

4 comentários:

Juci Barros disse...

Lindo0o0o0o0!
Beijos.

Lily disse...

E aí a gente não sabe se quer viver com o coração aos pulos, saltando pela boca ou expulsando-a, ela, a sedução, de nós.

Adorei!

Encantadora de Abelhas disse...

Eu adoro a sedução, todo o ritual de seduzir e ser seduzida. Os sentidos se afloram sem que haja um comando... Apenas curtindo a arte do momento e suas expressões... Adoro!
Boa segunda, querida!
Bj

Renata Oliveira :D disse...

Otimos textos, e já vi que tens também bom gosto musical.

Abraçoo, sigo (y)


Bejoo-