quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Navegando em versos.

Ilustração de Ida R. Outhwaite

Um mar mora em mim e por ele, eu navego em delírios e fantasias. São nessas águas profundas e nesses desejos poéticos que eu me embalo, sinto a brisa, desenho cada movimento da natureza e me encontro num mundo encantado. Lá nesse lugar, do faz de conta real, eu navego pelos meus sonhos. Faço e desfaço, pego carona na lua e adormeço nos braços das minhas crenças.
Para no dia seguinte amanhecer em sorrisos e transbordar em versos

Denise Portes

10 comentários:

LUZIA disse...

Texto mais lindo!!

Estou cada dia mais encantada com sua poesia.

Beijoo

Bloguinho da Zizi disse...

E todos os dias nós pegamos uma carona nessa lua e nos banhamos nos teus versos e fantasias.
Beijinho menina

Regina Guedes disse...

A cada texto sinto como se mergulhasse em um mar de emoções suaves, delicadas... mas não menos profundas. Você tem o dom de escrever que... não encontro as palavras, desculpe! Mas.. só para você saber... adoro!!! Beijinhos

Néia (Dulci) disse...

Que bom esse mar que existe em você, nos seus mergulhos a poesia transborda!
Um beijo querida Denise.

Hélio Netho; disse...

muito bom ser marujo de sonhos e delírios literais...

Paula disse...

Ai Denise, como sempre me falta palavras, elas sempre se repetem pra dizer o quanto vc escreve lindamente bem!
Adorei esse texto, mas lendo os que eu perdi, o texto passado me chamou a atencao pois ando lembrando tanto da infancia, de momentos bons que vivi com avos, primos.. :~ bateu mais saudade lendo seu texto.

Beijos

Juci Barros disse...

È fato, trasnbordas sempre em lindo versos...
Beijos.

'Lara Mello disse...

Já disse que curto seus textos? Já né...Rs!

Vivian Mont'Alverne disse...

Transbordando inspiração! :)

AC disse...

De clique em clique cheguei até aqui, e não estou nada defraudado.
Gostei do que li e vou seguir com gosto.

Bj