quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Mundo Mágico.

Minha mãe criava pequenos mundos mágicos para mim e para o meu irmão. Ela nos chamava para brincar de contar história.
Cada um contava uma e no final um tinha que criar continuação para história do outro. De certa forma a gente sabe que história vai contar vida afora. Os sonhos das crianças têm mais brilho. Outro dia, minha mãe me deu de presente um caderno meio amarelado, parecia um livro de fotografias.
Eu fiquei completamente emocionada quando abri.  Na primeira página estava escrito: “Livro das histórias que criei com meus filhos.” A letra dela desenhada, feito letra de professora, ela anotou as quinze mais lindas histórias que criamos juntos. 
A última foi numa noite em que estávamos em uma fazenda e a luz acabou. Ela colocou duas redes na varanda, tinha uma lua cheia e o céu estava coberto de estrelas. O nome da história é:
"O dia que somente o céu brilhou."
...

Esse sim é um tempo bom, que não volta mais.

Denise Portes

12 comentários:

Hélio Netho; disse...

Nossa escreve algo no mínimo com um sentimento semelhante. Apreciei >>

Monnie Lobo disse...

Ahh que lindo ! Chega me emocionei. Muito lindo isso, eram as histórias de vocês *-*

'Lara Mello disse...

Nossa..E é sério, ou é só um conto?/ Muito lindo! Bju

José Carlos Brandão disse...

Que história mais linda a sua!
Beijo.

Grasi disse...

Muito lindo!!
Bjão e uma quinta super iluminada.

Bloguinho da Zizi disse...

Tua mãe é uma grande sábia.
Soube aproveitar os momentos para estar junto aos filhos e ainda ativar a criatividade deles, e...hoje vc tem tudo isso nas mãos.
Ela foi a "culpada" desse teu dom em escrever. Você manifesta a alma no que escreve.
Um exemplo a ser seguido.
Beijo pra vc e pra mãe.
Zizi

Néia (Dulci) disse...

Denise, agora entendo de onde vem seus magníficos delírios!
Um beijo

★★ GIZA ★★ disse...

ola
adorei seu blog e estou te seguindo
me faça uma visita:
www.flordelotus29.blogspot.com
me siga. vou adorar que sejamos amigas
beijos

Confissões de uma borboleta disse...

Que educadora maravilhosa é a sua mãe...exercitar a criação é dádiva dos iluminados. Ela não parecia uma profesora, ela foi uma.
Beijos

Filipe Costa disse...

Quandos eramos crianças criamos tantas histórias...
Lindo o que escreveu.
um Abraçoo...

Franck disse...

Pq não nos contar essa história qlq dia/noite dessas?
Abçs!

Regina Guedes disse...

Denise que lindo!! Sua mãe deve ser uma pessoa maravilhosa!! Este execício de imaginação nos dias de hoje é como um brinquedo "quebrado". Ela (a imaginação) existe mas falta um pouco de açúcar. Creio que este livro vai trazer recordações valiosas. confesso que fiquei emocionada com o gesto da sua mãe. Beijinhos