sábado, 23 de outubro de 2010

Cartão Postal

Abri a caixa do correio, emocionada, vi um cartão postal de um amigo que está passeando na Alemanha. Meus olhos encheram de lembranças de um tempo em que eu trocava cartas com meus amigos queridos. O selo, a palavra escrita, a escolha do postal, em tudo tem um sentimento que viaja no vento e faz a ligação entre pessoas que trocam correspondências. É como se alguém mandasse um pedaço da sua saudade para te fazer um carinho no coração.
...
Para o meu querido amigo Décio Coimbra.
Denise Portes

6 comentários:

'Lara Mello disse...

A muito não recebo cartas..Triste!

Vicky Doretto disse...

é tão bom receber noticias de quem gostamos...
bjão

Angélica Lins disse...

Pedaço de saudade em correspondência?

Vou precisar de muitos envelopes...[risos]

* Belo como de costume.

Joyce Kelly disse...

Está do lado direito da página em "Carinhos e reciprocidades - Selos"

Beijos!

Néia (Dulci) disse...

Denise no tempo em que não existia celular, e-mail, msn, carta era a ponte que dimimuia carinhosamente as distâncias, algumas palavras ou apenas um cartão amainava a saudade.
Beijos

Bloguinho da Zizi disse...

Pois é...
eu era uma fiel frequantadora dos correios no passado.
Mas sabe o que fiz no último Natal?
Recuperei os endereços dos amigos e familiares e mandei cartão pra todos.
Se recebi algum de volta, via correio?
Não, nenhum...Sei que receberam, pois os e-mails e msn agradecendo chegaram.
Mas o melhor foi a alegria de escrever, num cartão escolhido especialmente pra cada um, a minha mensagem.
É muito bom....