quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ponto de Vista

São os meus versos internos que conduzem a minha vida e eles me fazem enxergar a beleza das cores no meu cotidiano, até quando aparentemente tudo permanece igual.

Denise Portes

10 comentários:

Carol disse...

Que bonito isso, Denise!
Que seus versos internos, continuem a colorir seus dias. ^^

Beijos.

Helcio Maia disse...

É bem possível. Os versos de seu anverso, as palavras que não são escritas, descritas em sua alma.

Angélica Lins disse...

As vezes a mudança é tão sutil que a gente nem se dá conta.

Beijo linda!

Néia Lambert disse...

É bem isso, os versos mudam até mesmo a nossa paisagem interna e externa.
Tenha um bom dia Denise, um beijo.

Néia

Elaine Barnes disse...

Uma beleza de verso,pois ser a dona do pincel que põe cor na nossa vida é ter amor para deslizar. Desejo um 2011 repleto de criatividade, bom humor, carinho,paz, saúde e muito amor pra pintar essa tela novinha! Montão de bjs e abraços

'Lara Mello disse...

Basta olhar de outro jeito que as coisas logo ficam diferente.. Sorte!

ૐ 'Priiscylα disse...

Seus versos internos são maravilhosos !beijo *;

Juuh disse...

Gostei muito querida,
beijo grande <3

Leo disse...

versos internos...gostei.
eles pulsam e pulsam..

Beijos, Denise querida.

Malu disse...

Denise,


E seus versos internos são sempre
bonitos ...
:)


Bjo.