quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Voo

Ah, quantos sortilégios nos corações dos seres humanos. Tantos sentimentos mascarados perdendo tempo de descobrir o sentir. Eu quero voar em bando, trocando mistérios e desvendando sensibilidades. Voar alto, cada vez mais alto.

Denise Portes

11 comentários:

Angélica Lins disse...

Em bando chega-se longe...

Be:)o linda!

♪ Sil disse...

Eu também querooooooooo Denise.

Um abraço, minha flor!

Helcio Maia disse...

É só informar o número do vôo e o portão de embarque.

Bloguinho da Zizi disse...

Quanto mais alto voamos menor é o bando.
Pode chegar um momento em que (como Fernão) terás que voar sozinha (mais uma vez).
Mas, aí então, a tua sensibilidade será tal que verás o TODO e o TODO estará em TI.

ૐ 'Priiscylα disse...

"Trocando mistérios" fascinante, voar nesse bando seria ótimo.
beijo *;

Néia Lambert disse...

O melhor de voar em bando é conhecer o sentir dos outros, assim vamos revelando o nosso interior também.
Um beijo Denise.
Néia

LUZIA disse...

Eu também quero Denise,
quero muito.

=)

Malu disse...

Denise,


Sempre sinto gosto de
viver , de liberdade em seus
escritos ...
Adoro todos !!!

:)


Bjo Grande !

Leo disse...

Nossa, Voo aqui e voo lá no meu!

Estamos voando!!

Beijo e um looping no ar!

'Lara Mello disse...

Eu quero alcançar muitos vôos esse ano!! Viu, Tõ tentando mudar e ser melhor.. Sorte! Bju

Confissões de uma borboleta disse...

Voar em bando, tocando asas, trocando sonhos...prá quê solidão se há essa possibilidade? Beijos