quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Pedalando por dentro.

"A gente é como um pedaço da noite.
De longe, estrelas perfeitas.
De perto, estrelas tortas!"
...

É nesse balanço meio torto, no caminhar da vida, nas entregas, nas escolhas erradas, no cair e no levantar, que nós vamos escrevendo nossa história. Eu tento ser plena, inteira, intensa, porém ainda assim resisto a tantos desertos que estão escondidos em mim. Mesmo quando eu me encontro no lugar mais gelado do meu sentir, ainda assim, eu preciso de flores, de amores, de pequenas porções de ilusão. Eu preciso ser para me manter viva e para pedalar com alegria no compasso, às vezes sem ritmo, do meu coração.

Denise Portes

8 comentários:

Carol R. disse...

Eu sou tão assim também... Só não conseguiria descrever tão bem quanto você :)

Bloguinho da Zizi disse...

Estrelas tortas, mas que de alguma forma conseguem emitir Luz, e a Luz é perfeição.
Beijinho Denise

Renata Fagundes disse...

é essa nossa contradição que nos torna estreladas

beijos cintilantes

Malu disse...

Denise,

Eis uma definição linda pra nós .
"Estrelas tortas ".


Bjo e um Dia Iluminado ...
:)

Leo disse...

Somos um pedaço da noite!

que lindo isso, Denise.
eu vou brilhar bem forte,
torto ou não, mas vou brilhar.

assim como tu.

Beijos querida!!

'Lara Mello disse...

Também preciso pedalar para dentro.. Sorte! Bju

ૐ 'Priiscylα disse...

Adorei a frase " A gente é como um pedaço da noite." realmente verdade,
beijo menina *;

P.S. Seus textos estão cada vez mais lindos !

Rosinha disse...

Adoro a foto...