sábado, 29 de janeiro de 2011

Os mistérios da minha alma.

Os mistérios da minha alma são as minhas lágrimas,
Elas sempre denunciaram essa fragilidade
Estampada e escancarada do meu sentir.
Esse olhar para o olhar do outro,
O tocar embrulhado em afetos
O coração pulsando descompassado
Os mistérios da minha alma são tão frágeis quanto os da sua alma.
Os nossos segredos escondidos de nós e revelados
Sobre a mais forte luz da nossa intimidade
O que é que eu posso contra o encanto do amor?
O encanto que volta sempre a me enfeitiçar.
Esse caminhar constante,
Nessa roda gigante de sentir, sentir.
Não descarto e nem coleciono desafetos,
Mas não tenho mais tempo para amor discreto,
Pois frágeis são os mistérios da minha alma.

Denise Portes

10 comentários:

César João disse...

Simplesmente magnifico.
Lindo!!!
have a good weekend

.Dina. disse...

Belíssimo!
Tantos são os mistérios da alma.E a vida continua a bailar!
Adorei aqui!
Beijos!

Néia Lambert disse...

Minha amiga querida, hoje vi uma Clarice Lispector em ti, vivendo intensamente!

Um beijo, com carinho.
Néia

'Lara Mello disse...

Eu ainda tento entender esses mistérios! Sorte

J. disse...

Simplesmente perfeito!
Minha alma é um caminho de mistérios mais pode desvenda La bailando♥

G & J disse...

esse seu eu tão frágil,doce e criativo ... te faz uma pessoa que a impressão que me da é que os que estão a sua volta devem todos os dias se reencantar e reapaixonar pela pessoa que você é! parabéns!

Andressa Tavares Braga disse...

amei tuas palavras.

Nathany Gomes. disse...

simplesmente, sem palavras pra definir.

Wanderley Elian Lima disse...

Chega um tempo que precisamos de amores escancarados e intensos.
Bjux

Patrícia disse...

Amei!