segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Transparência

Descobri o que anda me fazendo sofrer nos últimos tempos, a falta de transparência das pessoas. Eu quero ver além do espelho, dos reflexos obscuros de uma falta de verdade. Parece que essa é uma qualidade que foi sumindo aos poucos dos seres humanos. Bastasse eu enxergar o coração de cada um com os olhos da alma que as coisas seriam mais fáceis de lidar. Tentar descobrir, traduzir, adivinhar, criticar, julgar, já não posso mais. Tive que filtrar os meus sentimentos até conseguir chegar a algo mais puro e simples de lidar. Muitas vezes ouvi as pessoas dizerem:
-Você disse isso? Você fez isso? Você é louca.
Louca? Eu? Não queridos, sou uma viajante de passagem por aqui, querendo entender, aprender, questionar, conversar, sem deixar que os conceitos e preconceitos e as pessoas tão cheias de estigmas passem a fazer parte do meu caminhar. Muitos são aqueles andarilhos errantes que passam pela vida sem prestar atenção aos rastros de dor que deixam em seus caminhos. Há uma grande diferença entre um mero irresponsável e aquele que caminha por entre as aventuras de sua liberdade. Eu quero a sorte de um amor tranquilo, poder perceber o outro e assim ser uma companheira de viagem, nessa vida tão rápida e tão cheia de mistérios. Eu sempre acreditei que “a loucura é um sol que não deixa o juízo apodrecer.” Que esse mesmo sol me torne cada dia mais transparente.

Denise Portes

*Esse texto faz parte do projeto "Dois Olhares" de Denise Portes e Néia Lambert http://www.eternosim.blogspot.com/*

8 comentários:

.:*Aline*:. disse...

É preciso perceber o outro além da imagem. É preciso enxergar a alma para vermos a real beleza do outro.
Concordo demais com vc, querida Denise!
Bjus

Suzy Rhoden disse...

Oi Denise!

De fato, hoje em dia pouco se pode saber sobre um coração, tantos os disfarces, as máscaras, as dissimulações. Não se pode confiar num abraço, fica sempre a dúvida se por trás não virá um punhal... Tão mais fácil se todos tivessem a coragem de defender aquilo em que acreditam sem, com isso, faltar com o respeito a opinião alheia! Mas poucos o fazem, preferem mostrar a máscara da moda e manter a popularidade ao invés de assumirem bravamente sua verdadeira identidade.

Adorei a proposta para reflexão, beijos!

Vanessa_Oliveira disse...

Lindo Denise, que sua transparência seja imitada e não criticada.
Por mais doloroso que possa ser, ainda compensa viver sem máscaras.
^^
admiro muito quem é assim
Beijos ***

Valéria disse...

Oi Denise!
É verdade menina!
É tão importante este viver às claras em todos os relacionamentos, mas é cada vez mais difícil haver este entendimento entre almas. Será que é por isso estamos tão mergulhadas no mundo virtual, buscando esta essência que não conseguimos ver nas pessoas próximas?
Beijinhos e uma semana de paz!

Néia Lambert disse...

Denise, ninguém consegue se esconder atrás de uma máscara por muito tempo, um dia, por uma bobagem qualquer, acaba-se conhecendo a verdadeira personalidade. É doloroso mesmo descobrir que algumas pessoas que dizem nos amar, escondem-se atrás das suas almas opacas.

Um beijo,com carinho.

Néia Lambert

Calu disse...

Denise,
as máscaras que vemos nublando o verdadeiro rosto de muitas pessoas, tornaram-se quase permanentes e isso deixa aqueles(as) que são transparentes, afetados,machucados diante da frieza que encontram.
Tua proposta é a sonhada por muitos que como vc, tem a alma à flor da pele.
Bjkas
Calu

Karla Dias disse...

Pena que não possamos desnudar as almas alheias,ao menos façamos a nossa parte. Beijos

S.S disse...

Uma das partes mais lindas do texto "sou uma viajante de passagem por aqui, querendo entender, aprender, questionar, conversar, sem deixar que os conceitos e preconceitos e as pessoas tão cheias de estigmas passem a fazer parte do meu caminhar."
Achei lindo!