sábado, 5 de novembro de 2011

Quarta História

O segredo das fadas.
Quarto Capítulo
"Saudade"
A Fadolândia hoje amanheceu em festa. Luz, a fada que traz com ela o poder de iluminar os caminhos deu o ar de sua graça e encheu a cidade de alegria. O céu amanheceu mais azul e nestes dias todas as fadas podem sentir no peito a presença de alguém distante e a palavra saudade nasceu nesse momento. As fadinhas aprenderam que quando esse sentimento apertado, feito sapato novo, ocupa o peito é preciso manter o pensamento conectado no ser amado que mora distante. É que quando a saudade aperta do outro lado alguém desperta com o mesmo sentimento. Olha pro céu e concentra que dois corações vão se encontrar até a saudade ficar levinha feito asa de passarinho.
Denise Portes

3 comentários:

Alê disse...

E há como cá vir e não sair carregada de pó mágico?

Impossível,



bjka

Fátima disse...

Oi Denise,

Coisa boa de se ler.

Beijo meu

Néia Lambert disse...

A saudade é mesmo essa dor que aperta e incomoda o tempo todo. Ainda bem que existem as fadas para que, numa mágica, possamos trazer os que amamos para bem perto, ao menos em pensamento.

Um beijo.

Néia Lambert