quarta-feira, 2 de novembro de 2011

O Caminho.

Eu quero somente a delicadeza da asa da borboleta, o barulho leve dos seus passos caminhando pelo meu coração. Eu me acostumei com os mimos dos vagalumes que enfeitam a noite escura e os brilhos dos seus olhos nos meus. Eu iluminei os meus desejos e segui com essa luz acreditando na minha estrela.
Denise Portes

9 comentários:

Valéria disse...

Oi Denise!
Poesia pura!
Um caminho iluminado, perfumado, colorido e em muito boa companhia para você!
beijinhos e um dia de paz!

disse...

Olá! Adorei seu blog, muito criativo! Também tenho um blog e gostaria que vc desse uma olhada. O endereço é: http://www.criticaretro.blogspot.com/ Passe por lá! Lê ^_^

'Lara Mello disse...

Que caminho mais lindo esse =)

Saudades daqui, ando sem tempo =/

Vanessa_Oliveira disse...

Denise, as vezes me acho inspiração dos seus textos ( kkk bem q podia neh).
Pois falo de algo em meus textos e vc os complementa nos seus.
Amo isso ^^
sempre perfeito tudo aqui.
Beijos querida bruxa ***

Maíra K. disse...

Então segue em frente, continua nesse caminho iluminado que alcançarás todas as tuas metas e objetivos! ;D

Néia Lambert disse...

Essa delicadeza é que faz o mundo ser um pouco melhor.

Um beijo.

Néia Lambert

Calu disse...

Leveza, delicadeza, iluminação,detalhes que fazem toda a diferença num coração.Passos leves são sinal de cuidado.Linda passagem, doce coração!
Bjkas,
Calu

ZINA, . disse...

Oi Denise.

Amo a delicadeza que vejo em tudo que escreves. Deves ter aprendido com as borboletas.Continue acreditando na sua estrela que é linda!

Beijo querida!

É sempre uma honra te ver lá no aniZ!
Obrigada pela visita.

ruma disse...

Hello, Denise Portes.

The graceful sense wraps your artworks.
It's excellent and lovely...

The season of colored leaves, heartwarming atmosphere.

The traditional celebration, kimono infants.

The prayer for all peace.

Greetings.
From Japan, ruma ❀