quarta-feira, 27 de abril de 2011

Solidão.

Tem uma solidão que insiste em se fazer presente, eu acho que todo mundo sente isso. Um lugar onde o silêncio precisa acontecer. Não é ruim, é sem som, sem ruídos, apenas o eco da minha voz que insiste em me lembrar que somente eu estou ali.
Num lugar interno, onde que não há nada encoberto que não seja descoberto. O meu diálogo interno vai sumindo e ouço a voz do meu anjo que me lembra que está nesse lugar comigo.
Valeu Brown.

Denise Portes

3 comentários:

Alê disse...

Amém...

Silêncios necessários!

Néia Lambert disse...

Denise acho que, na verdade, alguns momentos de solidão faz bem, é quando conseguimos ouvir tudo aquilo que somente o silêncio, com toda sua sabedoria, sabe nos dizer.

Um beijo, com carinho.

Néia Lambert

'Lara Mello disse...

Eu também acredito nessa solidão e para mim não é ruim.. Adoro o Brown!