quinta-feira, 14 de abril de 2011

Eu te amo.

Os meus amores eu não invento e nem acho que eles sejam uma mentira que a minha vaidade quer como cantava Cazuza. Eu sei que cada pessoa tem um prisma e uma forma de amar, não é o jeito que você expressa seu amor, que te torna mais ou menos amoroso com o outro.  Há pouco tempo percebi que não sou de falar eu te amo, assim, toda hora. Eu não tenho vontade e nem sou natural de expressar em palavras o que expresso em atitudes. Eu digo, eu te amo, para os meus pais, para o meu marido, muitas vezes pra minha filha e para alguns, poucos, amigos.
É somente um jeito de ser, sentir e me expressar.

Denise Portes

5 comentários:

A. Tavares disse...

E isso, é pra quem sente de verdade o amor.
Lindo Denise!

Mi Satake disse...

Otemo, De!
Me descobri assim tb... e descobri ainda q não há problema nisso, né?

É amor, mais ou menos falado, é amor!

Bjss

Wanderley Elian Lima disse...

Cada um ama a seu jeito. Não é preciso dizer "Eu te amo", basta demonstrar que ama.
Bjux

Néia Lambert disse...

De fato, Denise, devemos dizer "te amo" apenas a quem amamos de verdade, mas convenhamos, é tão bom ouvir isso! rsrs.

Um beijo, com carinho.

Néia Lambert

Hélio Netho; disse...

e a melhor forma de dizer eu te amo é agir o amar...