segunda-feira, 18 de abril de 2011

Lua Cheia

Foi numa noite de lua cheia, que eu fiquei abraçada em seus braços, senti o calor do seu abraço. Numa intimidade calma eu te entreguei meu coração e você se esqueceu de devolver.
Denise Portes

6 comentários:

@monnielobo disse...

Muito bonito :)

Wanderley Elian Lima disse...

Tomara que ele trate bem seu coração, já que se tornou o dono.
Bjux

Thai Nascimento disse...

E no fundo a gente nem quer o coração de volta, desde que ele seja bem cuidado.

A. Tavares disse...

é por isso que eu amo Lua Cheia é sempre linda

Leo disse...

Lindo!!

Ontem teve lua cheia aqui, mas não tive abraços. rs

então te abraço!!

Confissões de uma borboleta disse...

"Estou contudo a flutuar no rio, esparando a resposta ao que chamo de amor..." Seu poema me lembrou essa música...Beijos