terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Manto de estrelas.

A madrugada chegou e um manto estrelado com uma lua cheia enorme enfeitou o céu. Vou deitar com versos que alegremente foram soprados no meu ouvido. Não sei me despedir dos meus afetos e nem quero aprender. Minha intenção é melhorar até me transformar em uma estrela. Unidas vamos enfeitar em harmonia todo o universo.

Denise Portes

7 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Denise
Já existe uma estrela, muito especial, com brilho próprio, diferente de todas as outras, que transmite harmonia a todo Universo...
Encontrei-a no outro dia enquanto olhava o céu...
Engraçado isso da gente estar sempre olhando para o céu e nem sempre enxergar todas as estrelas que brilham, algumas ficam como que escondidas, fazem até questão disso. É preciso olhar muito bem para enxergá-las. Mas eu achei, assim como tantos outros já a descobriram.
Visualiza melhor quem mora em Minas Gerais e Rio de Janeiro. Essa estrela tem os pés num e o coração no outro.
Delirius seria um bom nome pra ela.

Bom dia estrelinha. Espalha tua luz neste mundo, entre os homens e todo o Universo te reverenciará.

Néia Lambert disse...

Que o seu céu esteja sempre repleto de estrelas, principalmente, aquelas que ajudam a iluminar o seu caminho.

Um beijo.

Néia Lambert

Valéria disse...

Oi Denise!
Que as estrelas iluminem seu caminho enquanto você ainda não se transformou em uma estrela.rsss
beijinhos e tudo de bom!

Moran, andarilho disse...

Denise, tua poesia brilha e nos clareia de sentimentos e emoções. É sempre um prazer aportar aqui... beijos, Moran

Tânia Lyrio disse...

Que você seja uma estrela.Elas estão lá... majestosas, imponentes, vistosas.Alternam brilhos, cores, formas...alternam vida!

Gaby Soncini disse...

Você é uma estrela Denise *____*

Beijos!

Calu disse...

Que nossos céus possam sempre tê-la como moradora permanente, iluminando em fachos de luz o caminho dos que a vêem.
Brilhante estrela-amiga, obrigada por tua luz!
Bjos,
Calu