sábado, 10 de dezembro de 2011

Madrugada

É sempre no meio da noite que abraço minha loucura. Neste horário em que as pessoas dormem, os telefones, barulhos e ruídos diminuem, o silêncio toma conta de mim. São as madrugadas que iluminam meu ser.

Denise Portes

"Todo dia a insônia me convence que o céu
Faz tudo ficar infinito
E que a solidão é pretensão de quem fica
Escondido fazendo fita."

Cazuza

2 comentários:

Lily disse...

Querida Denise,

Não seria tua lucidez?

Não posso mais abraçar as madrugadas, como fazia antes. Às vezes, eu fujo do mundo e me perco e ganho nela (creio que ganho mais que perco), porque é preciso.

Beijos,

Suzana/LILY

Elma disse...

Denise:
Que delicia ler voce, é como se estivessemos juntas andando por ai fazendo planos, tendo ideias e acreditando...
Vocee sua luz estão presentes em cada palavra.
beijos,
Elma