quarta-feira, 18 de maio de 2011

O Poder da Criação.

O dia amanheceu molhado e frio, tudo meio escuro e sombrio.
Um vento frio soprava e eu acordei estranha para o mundo.
A natureza, assim como a vida, possui ritmos. Havia um descompasso no meu coração. Dentro de mim, algumas vezes, também fica escuro e sombrio. Porém eu tenho uma luz interna que me guia e que se agarra a algumas fantasias e que projeta sonhos e da asa pra minha imaginação. Uma rede de proteção se forma pra me salvar dos meus fantasmas e eu sigo sabendo pra onde. Uma luz chega de repente, acende minha mente e o meu coração. Criar, escrever, escutar as vozes internas que me sopram versos. O poder da criação me salva todos os dias.
Denise Portes

7 comentários:

Néia Lambert disse...

Denise minha querida, nós que te lemos sabemos o quanto essa luz interna te guia, inspira, mostra que os melhores caminhos são aqueles ladeados pelo florido da sua poesia.

Um beijo, com carinho.

Néia Lambert

'Lara Mello disse...

Nossa, profundo esse texto. Gostei muito! :)

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Denise
Que essa luz continue aluminando, seus versos e seus dias.
Bjux

Maria Rita disse...

É minha amiga, por certo hoje eu poderia ter escrito isto, exatamente desse jeitinho,sem tirar nem por.
Obrigada por traduzir-me!

Beijos pra Ti

Mi Satake disse...

Q bom, De!
E penso q assim deve ser. Deixar q nossa pequena chama nos guie nos dias mais escurecidos.
Sabe q com um pouco dela vc tb clareia nosso caminho!

Super bjk

Marinha disse...

Então, somos duas a ter a vida renovada pela criação, querida. Teus textos são curtos e, grandemente, eloquentes. Lindos!
bjo e paz pra ti.

remall disse...

amém, para a renovação da vida.
amém, para toda a luz.
luz que guia nossos caminhos.