sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Quietude

Eu não sei te explicar com coerência os meus mistérios, eles estão guardados tão profundamente e fazem parte do que pertence somente a minha história. Eu preciso do silêncio de estar sozinha para entender esse labirinto que é o meu sentir.

Denise Portes

2 comentários:

Helcio Maia disse...

Esse silêncio especial, espacial é imprescindível, é o fusível que desligamos para que a multidão se apague e a quietude se acenda, sem incomodar olhos e alma.

.:*Aline*:. disse...

É nesse silêncio que nos encontramos e que nos conhecemos um pouco mais... Precisamos dele.