quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Elucubração



 Foto Carla Caruzo

Não se explica os sentimentos, nem os desejos, nem as vontades. Assim como não se pode nadar no ar e nem voar no mar, não conseguimos mudar os caminhos do coração. Não sou de ninguém, pertenço aos meus delírios mais profundos, não são eles que me conduzem, mas eles me mostram a parte mais obscura da minha alma. É neste lugar que nasce toda a minha criatividade.

Denise Portes

Um comentário:

Gislane disse...

Ainda bem que os sentimentos são inexplicáveis, pelo menos eles teriam que frustrar a necessidade humana de entender tudo!

bjos