segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Amiga


Do seu lado direito eu canto e me emociono, aprendo me prendo liberto e me solto. De mãos dadas nós trocamos poesias e histórias. Na realidade e na fantasia gostamos de dar risadas, das rimas e das palavras que terminam com aço, tipo: palhaço, abraço, beijaço, amigaço, amorzaço, enfim tudo que torna mais claro a nossa relação algumas vezes turva de um amor desconhecido até pra nós. 
Do seu lado esquerdo eu recuso o que para mim desvaloriza você. 
A magia do aceitar, que vez ou outra, embola tudo e dá nó na cabeça, pois é do jeito que é. Os olhos que expressam sentimentos sem palavras, como os gestos que trocam sinais sem som, essa é a nossa cumplicidade conquistada. As trilhas que traçamos a liberdade que nós ousamos tudo nos fez crescer. São os dois lados, direito e esquerdo, mas também do lado avesso onde ninguém viu e somente nós sentimos. A vida em preto e branco, longe do colorido e das fantasias. Acima de todo movimento somente o que importa é o caminho desenhado por nossos corações.

Denise Portes

3 comentários:

Mari Rehermann disse...

Que lindo, Denise!!
Ótima semana pra ti, flor!!

Beijos!!♥

Liliam Virtudes disse...

As vezes tenho a sensação que vc escreve com meus pensamentos... sentimentos... é como se soubesse o que se passa em minha vida... aqui dentro!! Obrigada pelo presente a cada dia! Boa semana!

Gaby Soncini disse...

Lindooo!