quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Fantasmas

Eu tive muito medo de fantasma quando eu era criança e por toda a adolescência. Já adulta conheci meus fantasmas internos.
Hoje em dia eu entendo que aprendi com meus medos a ficar só.
A solidão abre portas, constrói castelos e desvenda segredos. 
Os fantasmas são personagens que nos contam nossas melhores histórias.  Eu acredito que são essas cavernas, que a solidão nos leva, é que nos deixam mais próximas de quem somos.

Denise Portes

4 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Coincidências...
Sempre tive muiiito medo de fantasmas. Criei muitos na minha cabecinha infantil.
O medo era tão grande que pra ir de um cômodo ao outro eu ia cantando bem alto pra afugentá-los.
Lendo agora teu texto notei, ...como eu era sozinha,.. além de ser filha única, muito presa e controlada, havia uma solidão ...que perdura.

LUZIA disse...

E eu vivo cheia de fantasmas, por todas as partes.

Denise, um lindo 2011 pra ti, com muita poesia em sua vida!!

Beijão.

Malu disse...

Denise,

Que texto lindo , contundente
e tão verdadeiro ...
Sem comentários , concordo plenamente. :)


Feliz 2011 !!!
Muita Paz , Amor , Saúde e tudo de melhor todos os dias , é o que te desejo ...

Adorei ter te conhecido , foi
um belo presente .


Bjo Imenso .

:)

Andressa Tavares Braga disse...

Nunca tive a sensibilidade de notar o lado bom de ter fantasmas!
Parabens pela sensibilidade!

Feliz 2011, Felicidades IMENSAS!