segunda-feira, 15 de outubro de 2012

New York



Canta em versos a vida corrida, de uma gente sofrida,
que fala em liberdade.

Denise Portes

Um comentário:

Mari Rehermann disse...

E quem mais prega a liberdade, é escravo de sí mesmo!! Nós sim, somos livres!!

Tenha uma semana encantadora!!
Beijos de Luz!!♥