terça-feira, 2 de outubro de 2012

A dor de crescer.

É incrível como a felicidade vem de dentro para fora. Muitas vezes as mais lindas músicas ferem profundamente o nosso coração, como notas musicais em arames farpados. Uma dor profunda do existir acontece em mim. Eu canto e sinto que essa dor também vai me fazer crescer.“Existimos a que será que se destina?”

Denise Portes

2 comentários:

Mari Rehermann disse...

Somente o que vem de fora nos fere, machuca...o amor, a paz, a alegria, estão sempre dentro!! Adorei!!

Beijinhos!!♥

Gaby Soncini disse...

E como uma música linda, esse texto tocou e doeu em mim.

Beijos.