sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Reencontro


Um reencontro cheio de sorrisos, confidências e carinhos. Tudo igualzinho era na nossa juventude lá no interior, onde éramos felizes e sabíamos. Eu fiquei encantada com a trajetória da sua vida e com as suas escolhas. Eu não errei de admirá-la desde quando nos conhecemos. O que vi no nosso encontro foi àquela mesma pessoa sensível, amorosa e família. Era um reencontro de almas. Fiquei com orgulho de mim por nunca ter pensado nada diferente dela. Canta o poeta: “Gente espelho da vida doce mistério.”

Denise Portes


Para Beatriz Tostes

Um comentário:

Mari Rehermann disse...

É uma maravilha esse encontro de almas...

Tenha um final de semana repleto de luz e paz!!
Beijinhos!!♥