sexta-feira, 6 de abril de 2012

A essência.

É tanta doçura que passa diante dos meus olhos, a forma, o ângulo que eu optei por olhar a vida. O jeito que escolhi viver, misturando o urbano que eu preciso e mais o interior que eu trouxe lá da minha terra. Nasci e cresci olhando o simples e vendo a lua no céu, abrindo o portão azul com cuidado para não machucar as margaridas. E desse mar que banha meus olhos que eu preciso, das montanhas que cercam essa cidade maravilhosa, mas é minha essência que grita, que segura e que me empurra em direção aos meus sonhos que cada dia vão se tornando mais reais.

Denise Portes

2 comentários:

Patrícia disse...

Para mim é essa busca pelos sonhos e vê-los tornando-se reais que nos mantem vivos! Beijo

Alê disse...

Ficou singelo e doce,


Bjkas