sábado, 18 de junho de 2011

Escolhas.

Sou uma apaixonada pelo Rio de Janeiro, sou urbana, gosto de viver na cidade grande. Eu conheci o Rio de Janeiro aos seis anos de idade e desde sempre eu dizia que viria morar aqui. Além, da beleza natural da cidade cercada de montanhas e mar, eu sempre gostei das pessoas andando pelas ruas, de não conhecer a cidade inteira, de fazer novos amigos e de conhecer gente diferente. Além da vida cultural é claro. Poder escolher o cinema para assistir um bom filme ir à praia no meio da semana só pra dar um mergulho e ir trabalhar depois, jantar num restaurante diferente, assistir uma peça de teatro, um show, tudo isso até hoje me fascina. Gosto de saber que tenho São Paulo ao lado, eu adoro ir lá ver meus amigos queridos. Sempre gostei de entrar no mercado de uma grande cidade e poder comprar as frutas que sinto vontade de comer, poder ligar pra pizzaria de madrugada, ou ainda comer um sanduiche em pé no Balada, uma lanchonete do Leblon. Eu vim de uma cidade pequena do interior, onde as ruas eram tranqüilas, cheia de montanhas, rodeada de cachoeiras, pracinhas, coreto, igreja e uma gente bonita demais. Foi muito bom passar minha infância e parte da adolescência no interior. Ainda trago muito desse interior dentro de mim, não sou superficial nos meus sentimentos, ao contrário, me entrego e crio laços afetivos e eternos com as pessoas. Gosto de andar de bicicleta pela orla, de passear no Jardim Botânico da cidade e conhecer as cachoeiras lindas que existem por aqui. O Rio me acolhe na minha loucura e nos meus projetos de vida. Não suporto conceitos, preconceitos, mais um tanto de tititi que são típicos do interior.
Não quero dizer com isso que a cidade grande não tenha isso, onde tem gente tem conflito, é verdade. Mas gosto do que construí por aqui. E quando cansada da agitação eu quero me recolher em casa e me esconder do mundo, basta desligar o telefone e ficar na minha que ninguém vai saber que estou por aqui. Quando vou pro mato recarregar energias, e descansar, amo estar cercada das minhas raízes, mas preciso voltar pra minha cidade.
Sou carioca de coração, essa é a cidade que ainda escolho viver e que o Cristo Redentor nos abençoe.

Denise Portes
...

*Esse texto faz parte do projeto "Dois Olhares" de Denise Portes e Néia Lambert http://eternosim.blogspot.com/ *


2 comentários:

Néia Lambert disse...

Denise, é fácil perceber o quanto você tem de cidade grande. Você veio do interior e mantém, carinhosamente, algumas raízes, mas a sua "cara" é do Rio de Janeiro. Lindo isso!

Um beijo, com carinho.

Néia Lambert

'Lara Mello disse...

Ai, só fiquei com mais vontade de ir para ir! :(