quarta-feira, 29 de junho de 2011

E o frio chegou!


Quando as folhas do outono se espalham pelo chão e o vento frio do inverno começa a soprar, tiro os casacos do armário.
O frio nos deixa mais introspectivos, porém mais charmosos.
Os agasalhos, a lareira, o chá quente e o vinho tinto.
Os cobertores que me aquecem e o meu amor que cresce nessa estação dos românticos. Eu gosto do sol da manhã debaixo da blusa de lã.  Os parques gelados, as ruas vazias, o chocolate quente e os nossos beijos. As inspirações que temperam as temperaturas frias dessa estação gelada. Procuro na bolsa aquele caderninho verde que você me deu no inverno passado e acho uma velha anotação que você esqueceu por aqui naquela noite:
“Eu quero um calor no inverno, um extravio morno de minha consciência e depois sem som, um sonho calmo, um espaço enorme, como a lua rodando entre as estrelas...”
Cenas daquela noite de lua tomaram minhas lembranças.
O meu cachecol preto e branco protegia o seu pescoço e o meu, como dizia Clarice Lispector:
“Não me lembro mais qual foi nosso começo. Sei que não começamos pelo começo. Já era amor antes de ser.” 
Foi numa noite de inverno que esqueci meu coração debaixo do seu edredom azul. Os pensamentos desaparecem como a fumaçinha que sai da boca nas manhãs frias de inverno.

Denise Portes

*Esse texto faz parte do projeto "Dois Olhares" de Denise Portes e Néia Lambert  http://eternosim.blogspot.com/*

5 comentários:

Néia Lambert disse...

Em nenhuma outra estação do ano o romantismo se faz tão presente. Belíssimo texto Denise.

Um beijo, com carinho.

Néia Lambert

ϟ Cynthia Brito disse...

Que lindo, Denise!
Que bela estação!

Estou te seguindo...

Voltarei mais vezes.

Beijos.

audaciosopensamento disse...

Sempre achei o frio poético. Talvez seja por que a grande maioria o julga como melancólico e triste (discordo) e o fato das grandes poesias terem sido feitas em momentos de tristeza; mas o inverno, tem uma força, uma energia um "jeitão" diferente. É uma intensidade fria, mas que aquece...

Marli Borges disse...

Que lindo, Denise! O inverno é isso mesmo: esfria, mas aquece!!
Bjssssssss

Lília disse...

Inverno e amor... combinação perfeita

Lindo texto!