sexta-feira, 7 de junho de 2013

O dia mais triste da minha vida.


 
A minha mãe forte e serena vestida com sua dor que transbordava pelos olhos, meus irmãos unidos, minhas cunhadas que são minhas irmãs. O meu pai ia gostar de ver o amor dos seus netos neste momento de dor. Meus irmãos de alma Katita, Nonato e Tonico. A minha amiga tão amada Márcia Crivellari. Nossos tios; Maninho, Nivalda, Ivete, Mirian, Altair... Meus amigos de infância, meu primeiro namorado, os amigos do meu pai, do trabalho, do chope, da oficina, do mercado, das fazendas, a ajudante lá da casa dele...
 A família do seu empregado de dez anos, eles pegaram dois ônibus e foram se despedir dele.  Dia lindo, meu pai com a roupa que ele escolheu e que a minha mãe passou pela última vez. O seu rosto era sério e bonito, como ele sempre foi durante a vida toda. Gente que entrava e saia, amigos de anos e anos estavam ali, com os olhos cheios de lágrimas para dizer adeus. Adeus não, até breve. Tantas pessoas queridas, o amor dele resplandeceu quando o pastor leu Coríntios 13, que fala sobre o amor. Tudo que o meu pai e minha mãe nos ensinou a vida toda, o amor. Ah meu pai, você ia gostar de ver a história que você escreveu por aqui. Uma dor cortava o coração da sua família e desta dor eu ainda não posso te contar.

Denise Portes

10 comentários:

Calu disse...

Denise,
receba meu abraço e votos de que a dor se acalme.
Calu

Djanira Dourado Lemos disse...

Denise,seu pai se separou de ti apenas fisicamente...vai estar aí no seu coração,contigo,até a eternidd/...reencontro!!
Que Deus te conforte nesse momento dolorido de sdd...

Estou sempre por aqui p/ ler as belezas dos seus 'escrevinhados'...gosto mt!!

Djanira Didi

Suzy Rhoden disse...

Denise, que a beleza da história escrita por seu pai nesta etapa terrena dê forças a todos para viverem sorrindo enquanto seguem rumo ao reencontro na eternidade. Minha solidariedade neste momento, e um abraço silencioso e apertado.

ᄊム尺goん disse...

meus sentimentos.

[contém 1 abraço]

Bibi disse...

Deny, não há como explicar esse momento. Nós, que amamos as letras e as sutilezas, tentamos colocar em palavras, como se em cada sentença a gente emanasse junto algum tipo de sentimento único e que nos dê "razão" em amplos sentidos.
Mas é uma história única essa do luto. É para cada qual um momento. A gente que fica de fora destila carinho e envia como pode, em palavras, pensamentos e gestos.
E é quando você revive a história de quem foi através de sua mente, é nesse exato momento que o sentido aparece. Seu pai nasceu para abrir caminho para você, para te amar, cuidar e te fazer sorrir. Amor não morre, ele frutifica. E lá no céu vocês estarão se unindo, um dia, em amor perfeito. Você sabe!

Unwanted disse...

Denise,

Espero que Deus traga todo o conforto a você e toda sua família, acompanho seu blog a mais ou menos dois meses, confesso que admiro todas elas, com suas formas particulares de descrever cada situação, cada sentimento, é muito bom saber que ainda existem pessoas iguais a você, que pensam na positividade. Um grande abraço de um admirador de sua personalidade!!
Cuide-se e fique em paz amiga.

Néia Lambert disse...

Nesses momentos de dor profunda o que conforta é a união da família, o carinho dos amigos e a fé em Deus. Fique bem minha querida amiga.

Um beijo.

Claudilena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudilena disse...

Tudo o que disser será em vão neste momento, pois sei que essa dor é lacerante, mas ameniza, com fé e o amor de sua família e amigos, ela acalma, pra dar lugar a saudade, que é gostosa de sentir, pois é a vida em pensamento. Meus sinceros sentimentos.

Lhú Weiss disse...

Minha amiga! Eu bem sei o que vocês está sentindo e acredite, não vai passar...pois quem amamos estará sempre em nossos corações!
Saudades...
Lhú Weiss