domingo, 17 de junho de 2012

Novas flores

Desapegar do que virou lembrança é difícil e necessário, pois é preciso que folhas caiam para que flores novas floresçam. E quando florescem ramos cor de rosa no meu interior e que tão profundamente eu mergulho em um silêncio misterioso para mim, a calma chega mansamente. Sábios são os mergulhos na alma, para que nossos sentimentos renasçam em versos e metas.


Denise Portes

Um comentário:

Patrícia disse...

Os pedacinhos que deixa aqui nesse blog são como pílulas de alegria, iluminam a alma. Beijo