sexta-feira, 29 de junho de 2012

Dia de luz.


Ecos do silêncio quando ouço o poeta cantar. É que ele repete: “Existimos a que será que se destina.” Meus pensamentos adormecem a centenas de milhas daqui. Dia de luz na cidade e pensamentos ensolarados acontecem em mim.

Denise Portes

2 comentários:

Maitê disse...

Denise,
Que delícia pensamentos ensolarados.
Beijos
Maitê

Mari Rehermann disse...

Lindo!!
E que sejam sempre dias de luz!!

Tenha uma ótima sexta-feira, Denise!!
Beijinhos!♥