quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Para quem você escreve?

Eu escrevo porque a minha voz me sufoca e meu silêncio grita, não escrevo para quem amo, eu escrevo para o amor que mora em mim. O dia que eu descobri que esse amor é meu, nunca mais eu me importei de ser uma eterna apaixonada. 

Denise Portes

Um comentário:

Emanuele Cardoso disse...

Belíssimo trabalho! Já acompanho há anos. Mas nunca tive a iniciativa de parabenizá-la. Perdão! nunca pare.