terça-feira, 14 de junho de 2016

Tragédia na Boate gay em Orlando.

Quem foi que disse que uma pessoa pode interferir no desejo do outro? Qual lei proíbe uma pessoa de amar outra do mesmo sexo? Que direito qualquer um de nós tem de opinar sobre a preferência de amor do outro? Estou falando de amor. Como se não bastasse o momento político do país e do mundo, ainda temos que assistir uma barbárie como a da boate de Orlando. Que o Universo encha de compaixão a humanidade. 

Denise Portes

2 comentários:

Patricia Henck disse...

Bom dia!!!Adoro ser seus escritos, são o máximo. bjs

Denise Portes disse...

Obrigada pelo carinho Patricia.
Bjos